HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] Dez formas de fazer um coração se derreter- Sarah MacLean

Dez Formas De Fazer Um Coração Se DerreterTítulo: Dez formas de fazer um coração se derreter- Os Números do Amor #2
Autora: Sarah MacLean
Editora: Arqueiro
Páginas: 352
Ano: 2016
Classificação: 5/5 
Livro cedido em parceria com a Editora
Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família.Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

Resenha: Como se surpreender com uma leitura, quando você já leu vários livros do mesmo gênero? Posso dizer que isso é possível quando encontramos obras que mexem conosco nos detalhes. São os pequenos detalhes que em um conjunto formam uma história prazerosa de ler. Isso aconteceu com a leitura de “Dez formas de fazer um coração se derreter”, segundo livro de uma série de romance de época que tinha tudo para ser mais um clichê histórico: capa bonita, mocinho lindo e encantador e uma jovem donzela frágil, submissa e... ops, não nessa história. Aqui nós vamos conhecer uma protagonista bem diferente das que eu tinha lido até o momento.

Isabel Townsend é filha de um conde viciado em jogos e que para pagar as dívidas oferece a filha como prêmio diversas vezes. Esse fato repugnante, obviamente, afeta os sentimentos da jovem, mas são essas atitudes do pai, somado a outros fatores, que fazem dela uma mocinha bem diferente e misteriosa.

Ela cuida da propriedade da família sozinha e só pode contar com alguns ajudantes que também guardam seus mistérios. Contudo, essa pirâmide de cartas fica prestes a ruir com o fato dela estar cada vez mais sem dinheiro para manter a casa. Sua última alternativa é vender seu bem mais precioso: sua coleção de estátuas gregas. Como se fosse obra do destino, nesse momento chega à cidade lorde Nicholas St. John, um respeitado especialista em antiguidades que, ao saber da possível venda, fica imediatamente interessado em avaliar as obras.

Tudo isso é mais que perfeito, porém o lorde também guarda um segredo que, inclusive, foi o motivo de sua viagem até a cidade em questão. A desconfiança se apodera de Isabel, mas sem alternativas ela não tem escolha a não ser convidar o especialista a vir até sua casa para analisar as relíquias.

“Lorde Nicholas é um verdadeiro modelo de masculinidade. Bonito e charmoso com uma aura de mistério que faz leques e cílios balançarem.”

De uma lado, ele é o cavalheiro lindo, rico e mais cobiçado da temporada que, taxativamente afirma seu desinteresse em casa-se. Do outro, ela é uma nobre jovem que curiosamente nunca esteve em um baile, vive reclusa em sua casa e sempre aparenta estar nervosa e preocupada. Fica óbvio que surgirá desejo e paixão entre eles, mas vocês conhecem aquela velha história: mentiras, segredos e omissões não duram muito tempo e podem arruinar com tudo no final.

Ao longo da leitura temos a oportunidade de conhecer profundamente os personagens. Senti orgulho da protagonista diversas vezes, seja pela sua coragem, pela sua determinação ou pela sua sensibilidade e amor apesar da vida ser tão dura com ela. Torci, roí as unhas para que tudo desse certo em sua vida e com a chegada do amor, nosso coração vai amolecendo junto com o dela.

Lorde Nicholas é um cavalheiro exemplar, daqueles que tiram suspiros das mulheres por onde quer que passa. Seu cavalheirismo, no entanto, vai muito além da beleza. Ele leva consigo o sentimento de justiça e proteção aos menos favorecidos. Sim ou com certeza que ele se apaixonará pela donzela misteriosa?

“O que havia naquela mulher, naquela casa, naquele lugar que o fazia querer ficar, quando em toda sua vida a menor sugestão de comprometimento, de responsabilidade, ou mesmo a sutil ameaça de ficar muito tempo em um único lugar o fizera sair correndo para a próxima aventura?"



Li esse livro há algumas semanas e, por isso, é difícil escrever a resenha com a exatidão necessária. Mas, eu afirmo que esse foi um dos melhores romances de época que já li. Achei a premissa bem interessante e o mistério da protagonista bem diferente. Fiquei com uma sensação boa no coração ao final da leitura e desejando ler mais.

A escrita da autora é muito boa e nos prende do início ao fim. A fluidez da leitura nos permite que a façamos de forma rápida e prazerosa e agora não vejo a hora de ler o primeiro livro da série “Nove regras a ignorar antes de se apaixonar”. Quero ler tudo da autora a partir de agora!

O enredo não tem nada de muito surpreendente, mas como disse no início da resenha, são os detalhes que mais me cativam, além do aprendizado que a história marcou em meu coração.

A diagramação está boa, capa linda, boa revisão e... vou para de falar porque essa resenha já está gigante! Leiam, leiam, leiam!! E depois me digam se valeu a pena ou não :)

“- Eu não pedi para ser salva, lorde Nicholas – retrucou ela, o tom de voz subindo.- É, bem, considerando que eu salvei a sua vida duas vezes nesses dois dias desde que a conheci, devo sugerir que peça da próxima vez.” 



Um beijo,


21 comentários:

  1. Oi, Bárbara!
    Eu adorei esse livro, apesar do anterior ser meu favorito.
    Eu fiquei bem orgulhosa da Isabel, mas às vezes queria dar uns tabefes nela pra dar uma acordada pra vida.
    E nem vou falar do Nick, lindo <3
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de seis anos de Caverna Literária
    Participe do Natal Literário
    Participe da promoção de três anos de Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luiza!
      Várias pessoas estão dizendo que o primeiro é melhor. Agora imagina você como está minha ansiedade para lê-lo.. Se eu já amei o segundo volume da série.. nem sei o que esperar para o primeiro. Estou com altas expectativas!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Bárbara, tudo bem?

    Eu gosto muito dos livros da Sarah e esse foi uma leitura prazerosa, embora o primeiro ainda seja meu preferido. Espero que vc curta tb!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mi! Tudo bem e com você?
      Obrigada, também espero gostar. Estou com altas expectativas!!
      Beijos

      Excluir
  3. Oi, Bárbara! Eu quase não leio romances de época, mas já vi muitas resenhas desse livro, a maioria muito positivas. Sempre me chama a atenção o fato da protagonista ser forte, o que vejo que vem se tornando cada vez mais comum em obras do gênero. Que bom, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Carla!
      Eu sempre indico essa série ou a série "Os Bridgertons" para quem não tem o costume de ler romances de época. Dê uma chance e depois me diz o que achou :)
      Beijos

      Excluir
  4. Olá, tudo bem?
    Esse livro é maravilhoso, mas o primeiro da série é melhor ainda.
    Beijos!

    http://excentricagarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todo mundo está falando isso.. precisooo ler o primeiro! :)
      Beijos

      Excluir
  5. Olá, Bárbara.
    Apesar de ter amado esse livro, confesso que gostei um pouquinho mais do primeiro livro. A protagonista do primeiro é mais interessante, mas o Nich realmente é encantador. Eu amo livros do gênero, mesmo sendo clichês, sempre me surpreendendo com a histórias hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Aii, todos estão falando a mesma coisa. Preciso logo ler o primeiro da série!
      Beijos

      Excluir
  6. Oi, Bah! Tudo bem? Fico impressionado com o quão lindas as capas de romances de época podem ser. Essa é perfeita! <3 Mas infelizmente só isso me chama atenção em livros desse gênero.

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Tony! Tudo bem e com você?
      Verdade, as capas são lindíssimas!! Uma pena, viu? Mas entendo, rs.
      Abs

      Excluir
  7. Isabel Townsend parece ser uma mulher destemida e corajosa já que seu pai é um beberrão e mulherengo! Mas com a morte dele as coisas ficam mais complicadas, já que tem seu irmão menor!! Ainda bem que ela conhece o lorde Nicholas St. John, e juntos irão descobrir que ambos estavam errados sobre suas antigas convicções!! Ansiosa para ler!!

    ResponderExcluir
  8. OI, Bah!
    Esse, depois da Série de Julia Quin, é um dos livros de época que quero muito ler. Sempre vejo as pessoas falando muito dele até nos clubes do livro e minha vontade só aumenta. Mas aí tem a coisa da prioridade mesmo, então não descarto a hipótese de ler, só não vai ser agora.

    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Di!
      Entendo a questão da prioridade.. acontece o mesmo comigo, rs.
      Mas, espero que você consiga ler logo!!
      Beijos

      Excluir
  9. Oiii Barbara

    Essa é minha autora preferida em livros históricos, todos os livros da Sarah me divertem, seus personagens são cheios de carisma e sarcasmo e ela tem uma narrativa fabulosa, ainda não pude ler essa série dos numeros mas espero logo conferir esses livros.

    Beijos

    resenhaatual.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alice!
      Concordo com você. A autora cria uma narrativa incrível e divertida! Espero que você possa ler logo os dois primeiros livros. :)
      Beijos

      Excluir
  10. Não sou muito fã desses romances, então, essa dica vou ter que passar :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  11. Como assim amiga você começou lendo o segundo livro da trilogia!!??? Brincadeira, sei que geralmente os romances de época são independentes, mas com personagens interligados. Fico feliz que tenha gostado tanto e assim acabei ficando curiosa.
    Já li o primeiro e gostei muito, já estou com esse aqui em casa e acredito que consiga ler ainda esse ano. Enfim, mais um romance de época queridinho para nossa lista.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga!
      Pois é, eu não ia conseguir esperar ter i primeiro em mãos para só depois ler o segundo, rs.
      Beijos!

      Excluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.