HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] O Eterno Namorado- Nora Roberts

O Eterno NamoradoTítulo: O Eterno Namorado- Trilogia A Pousada #2 
Autora: Nora Roberts
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2016
Classificação: 5/5
Livro Cedido em Parceria com a Editora 
Sinopse: Tudo o que acontece na vida de Owen Montgomery é meticulosamente organizado em uma planilha ou lista de tarefas. No trabalho não é diferente, e é graças a sua obsessão por ordem que a Pousada Boonsboro está prestes a ser inaugurada – dentro do cronograma. 
A única coisa que Owen jamais previu foi o efeito que Avery MacTavish teria sobre ele. A proprietária da pizzaria em frente à pousada sempre foi amiga da família e agora, enquanto vê em primeira mão a fantástica reforma pela qual o lugar está passando, também observa a mudança gradativa de seus sentimentos por Owen.
Os dois foram namorados de infância, e desde então tinham estado bem distantes dos pensamentos um do outro. O desejo que começa a surgir entre eles, porém, não tem nada de inocente e é impossível de ignorar.
Enquanto Owen e Avery decidem se render à paixão e levar seu relacionamento a um nível mais sério, a inauguração da pousada se aproxima e dá a toda a cidade um motivo para comemorar. Mas quando os traumas do passado de Avery batem à porta e a impedem de se entregar, Owen sabe que seu trabalho está longe de terminar. Agora ele precisa convencê-la a baixar a guarda e perceber que aquele que foi seu primeiro amor pode também ser seu eterno namorado.



Para ler a resenha de Um Novo Amanhã, clique aqui!

Resenha: Alguns fatos já comprovados sobre os romances da autora Nora Roberts: eles são maravilhosos, viciantes, encantadores e críveis. Não canso de ler seus livros e me deliciar com uma leitura leve e agradável o que torna meu tempo muito proveitoso. E isso não poderia ser diferente com a leitura do segundo volume da trilogia “A Pousada”.



Em “Um Eterno Namorado”, Nora Roberts nos apresenta uma protagonista que apesar de linda, inteligente e talentosa não consegue enxergar o potencial que tem. Na verdade, ela guarda muitos traumas do passado depois que a mãe a abandonou ainda pequena e, desde então, ela acredita que está longe de ser uma pessoa de potencial, afinal se a mãe a deixou para fugir com o amante, que importância ela teria?

Então essa é Avery MacTavish, dona da famosa pizzaria Vesta, competente e dedicada, mas que vive sérios problemas no quesito autoconfiança. É claro que isso acaba afetando sua vida amorosa que nunca foi lá grandes coisas. A única vez que ela sentiu algo a mais foi com seu primeiro namorado que, inclusive, a pediu em casamento aos 5 anos de idade. Obviamente, o noivado não foi adiante e a “brincadeira” de criança logo acabou. Anos e anos se passaram e os quase casados Avery e Owen Montgomery agora vivem uma amizade longa e verdadeira que se baseia em respeito, descontração e muitas risadas por parte da jovem.

No entanto, é no ritmo dos últimos detalhes para a inauguração da Pousada BoonsBoro que um clima surge entre eles e algo desperta, ou quem sabe reacende em seus corações. Avery percebe que talvez nunca tenha esquecido seu primeiro namorado e está disposta e se arriscar e ver onde essa situação poderia chegar. Owen, por outro lado, é o cara certinho, que pensa, repensa, planeja e cria probabilidades dos fatos darem certos ou errados. Considerando que a pessoa com quem ele poderia iniciar um relacionamento seria sua tão querida amiga, ele teria que pensar muito para não tomar uma medida precipitada e colocar a amizade em jogo. E daí se reinicia o romance há muito tempo interrompido, mas será que duas personalidades tão diferentes podem dar certas juntas?

“Apaixonar-se por Owen mais uma vez parecia uma loucura, exatamente como havia sido antes.”

Assim como no primeiro livro da série eu me encantei pela história criada e pelo desenrolar do romance. É até mesmo difícil comparar os dois primeiros livros da trilogia e dizer qual é o melhor porque cada um tem suas características e formas diferentes de cativar o leitor. O ponto em comum das histórias continua sendo a Pousada e sua reforma, mas neste segundo volume teremos a tão aguardada inauguração. Além disso, os personagens do livro anterior continuam aparecendo, uma vez que o enredo gira em torno dos 3 irmãos Montgomery e é ótimo acompanhar as cenas em que estão todos reunidos em família. Adoro a forma como a autora consegue narrar cenas do cotidiano, cenas entre mãe e filhos, entre irmãos, entre amigas e entre os apaixonados de uma forma comum (que muito bem poderia estar acontecendo conosco), mas ao mesmo tempo, de forma encantadoramente bela e prazerosa de ler.

E eis um fato: os romances da Nora Roberts (que li até o momento) não trazem nada de incrível e surpreendente, mas conseguem preencher nossos corações com sentimentos bons através de romances clichês e naturais. Acho que é justamente esse o objetivo da autora ao escrever esses livros. Tenho a sensação de que ela deseja retratar cenas do dia a dia, cenas comuns como amor, estresse, brigas, reconciliação, mostrando que apesar de vivermos tudo isso, podemos ter nosso felizes para sempre. A vida não é um o mar de rosas, mas podemos plantar uma rosa por dia, a fim de tornar nossa existência mais bela e feliz.


Esse foi mais um belo romance que tive o prazer de ler e me encantei pela narrativa fluida da autora, pelas descrições da obra da Pousada e todos os detalhes de decoração e organização. Também fui conquistada pelos personagens e seu jeito tão diferente de enxergar a vida. Avery e Owen conseguem criar um equilíbrio ao tentar fazer o relacionamento dar certo e é isso que devemos fazer sempre. Mesmo quando as possibilidades indicam para o não, devemos tentar arriscar e insistir pelo sim porque isso só depende de nós mesmos.

Já não vejo a hora de ler o último livro de “A Pousada” que tem tudo para ser o melhor da série. Nele vamos ter o desenrolar do romance entre o mal humorado Ryder Montgomery e Hope, a linda gerente da pousada. Quem mais está ansioso para finalizar essa maravilhosa trilogia? E você que ainda não leu, dê uma chance e se encante pelas obras da talentosa Nora Roberts.

“Nenhum homem fez o que você me fez. Eu sempre achei que houvesse algo errado comigo, porque eu não conseguia o suficiente. Mas a única coisa errada era que nenhum desles era você.”

8 comentários:

  1. Ainda não tenho esse livro da "série" nova da autora, mas com certeza tenho vontade de ler ;) Pela resenha acho que vou gostar da leitura.
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bah!
    Essas capas do livro dela são tão fofinhas e passam uma serenidade né? Acho que me atrai mais pela premissa do primeiro livro.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Bahzinha

    A Nora arrasa mesmo! Eu quero muito começar essa trilogia, mas de uns tempos pra cá a Arqueiro tem aumentado o preço dos livros, seria a crise? hahaha
    Gostei muito de ver que os protagonistas se conhecem desde sempre e que eram namoradinhos. Pelo que eu me lembro do livro anterior e pelo que conheci desse, são histórias que dariam uma bela série, sabia?
    E estou curiosa para saber que traumas do passado são esses!!
    Linda a resenha como sempre, Bahzinha!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  4. Oi Bárbara,
    Acredita que eu não consigo ler Nora Roberts?
    Eu travo, não consigo aproveitar a leitura e sempre acho meio sem sal.
    Talvez esse seja diferente, mas acho que peguei birra da autora (não brigue comigo!). Minha mãe iria adorar essa dica, rs. Vou passar para ela!
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, Báh!
    Confesso que tenho curiosidade a respeito dos livros da Nora, mas ainda não achei um que desse aquele pontapé para começar, sabe? Mas ficarei a procura haha Apesar deste não ter chamado minha atenção, parece ser muito bom e já que deu 5/5 quem sabe não dou uma chance? ;-)
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiii Báh, tudo bem?
    Eu amei sua resenha <3 E que frase é essa mulher? "A vida não é um o mar de rosas, mas podemos plantar uma rosa por dia, a fim de tornar nossa existência mais bela e feliz." Coisa tão linda! Uma linda mensagem e super inspiradora <3
    Não estou em uma boa vibe para romances, mas algum dia pretendo ler algo da Nora, pois todos elogiam essa mulher =D
    Beijooooos
    https://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Amiga que frase mais linda foi essa que você escreveu??? "A vida não é um o mar de rosas, mas podemos plantar uma rosa por dia, a fim de tornar nossa existência mais bela e feliz."

    Concordo plenamente e os livros da Nora Roberts apesar de ter um enredo simples, como você mesma destacou, consegue acolher tão bem e envolver os leitores. Estou concluindo a leitura desse livro e apesar de achar que ele está mais lento que o anterior não consigo desgrudar dele.
    Também acho que o último será bombástico e vai pegar fogo, já que o casal não se conhece desde sempre como os dos livros anteriores e sempre que eles se encontram sai faisca. Ansiosa. Será lançado no mês do seu casamento não é!!!???
    Beijos amiga e te desejo tudo de melhor viu!!???
    Amei saber sua opinião sobre a leitura e suas fotos ficaram ótimas viu!! Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Ainda não li nada da autora mas tenho vontade, parece ser um romance muito bom mesmo.
    Abraço!
    http://leituraforadeserie.blogspot.com/

    ResponderExcluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.