HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] A Caminho do Altar- Julia Quinn

A Caminho do AltarTítulo: A Caminho do Altar 
Autora: Julia Quinn
Editora: Arqueiro
Páginas: 320
Ano: 2016
Classificação: 4/5 
Livro cedido em parceria com a Editora
Sinopse: Ao contrário da maioria de seus amigos, Gregory Bridgerton sempre acreditou no amor. Não podia ser diferente: seus pais se adoravam e seus sete irmãos se casaram apaixonados. Por isso, o jovem tem certeza de que também encontrará a mulher que foi feita para ele e que a reconhecerá assim que a vir. E é exatamente isso que acontece.
O problema é que Hermione Watson está encantada por outro homem e não lhe dá a menor atenção. Para sorte de Gregory, porém, Lucinda Abernathy considera o pretendente da melhor amiga um péssimo partido e se oferece para ajudar o romântico Bridgerton a conquistá-la.
Mas tudo começa a mudar quando quem se apaixona por ele é Lucy, que já foi prometida pelo tio a um homem que mal conhece. Agora, será que Gregory perceberá a tempo que ela, com seu humor inteligente e seu sorriso luminoso, é a mulher ideal para ele?
A caminho do altar, oitavo livro da série Os Bridgertons, é uma história sobre encontros, desencontros e esperança no amor. De forma leve e revigorante, Julia Quinn nos mostra que tudo o que imaginamos sobre paixão à primeira vista é verdade – só precisamos saber onde buscá-la.


Resenha: “A Caminho do Altar” é o oitavo e último livro da série “Os Bridgertons”. Depois de acompanhar a história de cada um dos irmãos, de passar horas seguidas lendo por simplesmente ser impossível abandonar a leitura e me encantar por cada um dos personagens, tive que dizer adeus a essa linda e barulhenta família.

Neste último volume, a autora Julia Quinn nos apresenta o Bridgerton mais romântico de todos. Ouso dizer que dificilmente isso seria diferente, uma vez que Gregory cresceu vendo os irmãos mais velhos se apaixonando verdadeiramente e se casando por amor, algo muito incomum na época. Dessa forma, não é pedir muito que ele encontre a mulher da vida dele, certo? Mas, como saber quando isso acontecerá?


O coração palpitando, uma falta de ar inexplicável e o sentimento de que tudo estava acabado. Foi dessa forma que Gregory descobriu que Hermione Watson era o seu tudo, a mulher com que ele iria passar o resto de sua vida. Rapidamente ele se apresenta, mas para seu completo desapontamento, ela não dá a mínima aos galanteios do lindo e jovem rapaz. Seu coração já tinha dono e ela não olhava para nenhum cavalheiro que chegasse perto dela.

Disposto a conquistá-la, ele faz tudo que estava ao seu alcance e usa todo seu charme para conquistar a dama. No entanto, vendo que as investidas do Bridgerton não surtia efeito, a melhor amiga de Hermione, Lucinda Abernathy, resolve ajudar o rapaz.

“O amor existia. Ele sabia que sim. E estaria perdido se não existisse para ele”.

Lucinda é amiga de Hermione há muito tempo e nutre um enorme carinho por ela. Apesar da sua presença sempre ser ofuscada pela beleza de Hermione, ela não alimenta ciúmes ou inveja, muito pelo contrário, ela tem consciência das qualidades da amiga. Sendo assim, ela acaba se acostumando com os olhares em sua direção que nunca são para ela, afinal, ela já estava praticamente noiva e não teria mesmo nenhum motivo para ser cortejada.

Foram inúmeras as vezes que Lucinda viu homens correndo atrás de Hermione, mas Gregory Bridgerton tem algo diferente dos demais. Algo que ela não sabe explicar exatamente, mas que chama sua atenção e é por isso que ela decide ajudar o jovem na conquista. Mas, fato é que eles acabam passando muito tempo juntos e quando Lucinda percebe já era tarde demais: ela havia se apaixonado por Gregory.

Gregory, por sua vez, fica cego pela ideia de ter encontrado o amor de sua vida e não consegue enxergar a pessoa que sempre está ao seu lado. A vontade dele em encontrar o amor verdadeiro é tão grande, que ele acaba enganando seu coração e, quando finalmente reconhece por quem ele é apaixonado, o tempo se esgota e ele já não tem mais o que fazer a respeito.

Agora, ele tem que correr contra o tempo e contra os acontecimentos a sua volta para tentar não perder a chance de ser feliz e viver seu “felizes para sempre”.


De todos os personagens da série, Gregory é o mais romântico e impulsivo de todos. Diferente dos libertinos da época, ele não foge da ideia de casar-se e viver eternamente para uma só pessoa. Na verdade, ele deseja isso todos os dias e alimenta o receio de não encontrar a pessoa certa. Acho que essa foi a primeira vez que encontrei essas características em um personagem masculino nos romances de época. Ele não vê problema em ser considerado um bobo apaixonado, pois é justamente isso o que ele quer ser.

Lucinda, por sua vez, é a típica personagem que não enxerga o potencial que tem e vive abaixando a cabeça para as pessoas. Contudo, ela é decidida, prática e, diferente de Gregory, não acredita no amor. O que seria o amor? Apenas uma palavra criada para que os poetas deixassem os poemas bonitos. Mas, ao conhecer o Bridgerton, ela começa a questionar sua teoria.

“Ela estava apaixonada por ele. Não poderia ser mais claro… ou mais cruel”.

“A Caminho do Altar” é mais um romance de época cativante e que contém um romance que nasce aos poucos. Ao final da leitura, somos surpreendidos por cenas de tensão e um toque de aventura e mistério, algo bem pequeno, mas que faz toda a diferença na leitura.

Mais uma vez me vi fisgada pela escrita da Julia Quinn e não percebi a hora passar ao longo da leitura. Confesso que esse não foi o melhor livro da série, principalmente por eu demorar a me simpatizar com o protagonista. Ele é fofo, romântico, lindo, mas muito burro às vezes (risos).

De forma geral, o desfecho da série foi bom e alcançou as expectativas. Alguns personagens dos livros anteriores aparecem neste volume o que desperta logo a vontade de reler os títulos anteriores.

A edição da Editora Arqueiro está caprichada, como sempre. A capa é lindíssima, a diagramação é boa, as folhas são amareladas e não lembro de ter visto erros de revisão.

Fica a dica para os fãs de romances de época, para os fãs da Julia Quinn e para você, que gostou da resenha! :)






Um beijo,

5 comentários:

  1. Oi, Bazinha!
    Adoro livros que o romance acontece aos poucos, acho mais gosto de ler, mais próximo da realidade sem tirar o pé do sonho. QUe bom que te agradou também, isso é muito importante. Principalmente numa série que você acompanha desde o inicio né! Adorei as fotos.

    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bah! Tudo bem? E então essa tão famosa série finalmente acabou, né? Como já disse aqui em outras oportunidades, não tenho muito interesse em ler os livros da Julia Quinn, mas fico feliz por saber que gostasse tanto dessa série e que o final tenha sido satisfatório! :)

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Bá, amei sua resenha <3 Mas como você deve saber, esse gênero não é para mim :(
    Mas se um dia eu resolver dar uma chance novamente, com certeza será para essa série. Todos falam tão bem que fica difícil até para mim resistir hahahha
    E como ficou seu coração com o final da série? Eu sempre choro no final das minhas séries favoritas :3
    Beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Báh!
    Finais sempre partem meu coração <\3 É difícil dizer adeus, não é? Ainda mais de uma série de oito livros tão incrível! Esta já esta na minha listinha e espero ler em breve! Sua resenha está maravilhosa como sempre! Finalmente o mais novo da família achou o amor awn *-*
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  5. Amiga que resenha linda e suas fotos nem se fala: bem criativas.
    Já estou com esse livro aqui em casa, mas sabe quando você adia a leitura com medo de se despedir!!??? Estou assim, além da falta de tempo mesmo, mas acredito que consiga ler ainda esse mês. Amei conferir suas impressões e que bom que a série foi bem concluía.
    Também penso reler Os Bridgertons assim que possível. Enfim a cada dia estou mais viciada em romances de época. Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.