HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] O Caderninho de Desafios de Dash & Lily- David Levithan e Rachel Cohn

O Caderninho de Desafios de Dash e Lily Título: O Caderninho de Desafios de Dash & Lily
Autores: David Levithan e Rachel Cohn
Editora: Galera Record
Páginas: 256
Ano: 2016 
Classificação: 4/5
Livro Cedido pela Editora

Sinopse: O novo livro de David Levithan e Rachel Cohn que juntos escreveram Nick e Nora Uma noite de amor e música acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York.


Resenha: Maravilhosamente fofo! Vocês me permitem usar essa expressão? Porque foi essa a primeira sensação que tive após a leitura de “O Caderninho de Desafios de Dash & Lily”. E, sabe o que é o mais bacana de tudo? É ler um livro sem alimentar muitas expectativas e acabar sendo surpreendido por ele.

 


“O Caderninho de Desafios de Dash & Lily” é um YA que se passa em Manhattan às vésperas do Natal. Lily tem 16 anos, nunca teve um namorado, não tem amigos e é considerada a garota diferente. Nada disso a incomoda, afinal ela tem uma família que a ama e finalmente faltam poucos dias para o Natal. Essa é a sua época do ano favorita o que significa que ela iria enfeitar a casa, faria bonecos de neve, cantaria canções natalinas nas ruas e todo o resto que inclui a tradição. Mas esse ano tudo seria diferente, uma vez que seus pais resolveram viajar para comemorar o aniversário de casamento, o avô foi para Flórida e seu irmão Langston só pensava em sua vida amorosa. Mas antes de “abandonar” a irmã de vez e pensar apenas em si, Langston tem uma ideia para ajudar Lily a arrumar um namorado, afinal essa seria a solução para os problemas da garota, é claro.

O plano era o seguinte: eles criariam um caderninho de desafios, mais especificamente, um Moleskine vermelho e o deixariam em uma livraria. Se tivessem sorte, ele seria encontrado por um garoto legal que aceitaria entrar na brincadeira. Como todo bom e velho clichê, é exatamente isso que acontece, mas não pensem que a história cai na mesmice e que esse seja mais um livro fofinho para colocar na estante. E o que fez o livro prender tanto minha atenção foi, sem sombra de dúvida, o personagem Dash.


"É raro eu chegar à altura de minhas palavras. E como me conhece mais pelas palavras, há tantas formas pelas quais posso decepcionar você."

Dash odeia o Natal e ele tem seus motivos pessoais para isso. Pessoalmente, eu sou mais parecida com a Lily, que ama cada pedacinho dessa época do ano, mas estranhamente me identifiquei mais com Dash. Adorei ver a percepção que ele tem do mundo; a forma como ele analisa os sentimentos e as pessoas e, claro, sua forma única de se expressar. Após contar uma mentira para os pais divorciados, ele conseguiu ficar sozinho no Natal para seu total contentamento. E eis que um dia, visitando sua livraria favorita, ele encontra um Moleskine vermelho no meio dos livros. Movido pela curiosidade, ele o abre e bem, vocês já devem imaginar o que acontece depois disso. Ele resolve aceitar o desafio proposto por essa desconhecida garota chamada Lily.

Após o primeiro encontro com o caderninho, eles iniciam um “jogo” de desafios e enigmas e confesso que me vi participando dos desafios junto com eles e torcendo para que se conhecessem pessoalmente. No entanto, o que mais gostei foi a forma como os personagens foram desenvolvidos. Muitos leitores podem ver Lily como uma garota escandalosa e infantil (como já li em algumas críticas), mas acho que esse é justamente um dos pontos que deveria ser destacado mesmo porque, dessa forma, podemos observar seu crescimento e amadurecimento ao longo das páginas.



A transição entre a pré-adolescência e a adolescência não é uma tarefa fácil e fica claro como a protagonista se vê perdida quanto a isso. Dash e os desafios vividos por eles ajudaram Lily a se desprender da família e olhar mais para si mesma. Ela aceitou ser desafiada e sair do casulo em que vivia e foi ótimo acompanhar essa mudança.

Dash, por outro lado, é um personagem que passou momentos difíceis no passado e que, por isso, não tem a mesma sensação familiar que Lily tem. Ele é do tipo que prefere a própria companhia a ir a festas e socializar com pessoas desconhecidas. Ele poderia passar horas estudando a etimologia das palavras e aumentar seu vocabulário, uma tarefa totalmente prazerosa para ele. E é na busca por matar a saudade do adjetivo “fantástico” que ele aceita o desafio de Lily.


“― Gosto muito da etimologia das palavras admitiu Dash. Gosto de imaginar o que estava acontecendo quando a palavra nasceu.”

Não falarei mais sobre o enredo porque o livro é bem curtinho e quanto menos você souber, mais agradável será a leitura. Dash e Lily criaram uma amizade linda através do caderninho, mas se eles quisessem deixar a fantasia e viver a realidade precisariam se arriscar e conhecer verdadeiramente um ao outro. Isso incluiria vários riscos e o principal seria uma possível decepção, mas a vida nem sempre é da forma como planejamos. Se aceitarmos isso, os riscos valerão a pena, pois são através deles que descobrimos os caminhos maravilhosos da vida.

“O Caderninho de Desafios de Dash & Lily” apresenta uma narrativa fluida que é intercalada entre os personagens. As páginas são brancas, mas isso não atrapalhou em nada a leitura que, por sinal, foi finalizada em menos de 24 horas. 

O resultado da parceria entre os autores David Levithan e Rachel Cohn não poderia ter sido melhor e só tenho a agradecer a Galera Record pela cortesia ao Versos e Notas!!O livro é uma boa dica de leitura para esses dias frios que estamos vivendo e irá te proporcionar horas agradáveis ao lado de Dash e Lily!


 “As pessoas importantes em nossas vidas deixam marcas. Elas podem ficar ou não no plano físico, mas existem para sempre no coração, porque ajudaram a formá-lo. Não dá para esquecer isso.” 





Grande beijo!

24 comentários:

  1. Oi Bárbara, tudo bem ?
    Vi o anúncio deste livro no Skoob hoje , mas nem havia chamado a minha atenção. Só que li sua resenha e...tudo mudou.
    Através dela, fiquei interessada em lê-lo, ainda não sei se gosto de YA ou não, mas enquanto isso, vamos tentando.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gisele! Tudo bem e com você?
      Não estou muito acostumada a ler YA, mas adorei esse livro. Vale a pena dar uma chance ;)
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Bárbara,
    Essa capa encanta, né?
    Não consegui me apaixonar pela história, não foi fluído, mas fico feliz que você tenha gostado.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Alessandra!
      Encanta mesmo, muito linda!!
      Poxa, que pena. Você viu que terá continuação? Soube hoje mais cedo e, quem sabe, ela não te agrade mais?
      Beijos e obrigada pela visita

      Excluir
    2. Talvez... Será que lançará rápido aqui no Brasil? Confesso que não me animo a continuar, mas sempre fica aquela pulguinha atrás da orelha, né? hahaha
      Beijos
      http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

      Excluir
    3. Te entendo e o mesmo acontece comigo rs. Pelo que vi, ainda não há previsão de lançamento aqui no Brasil.. vamos ter que esperar =/
      Beijos!

      Excluir
  3. Que resenha linda, Bárbara!
    Fiquei com mega vontade de ler depois dos seus elogios, mesmo sabendo que eu posso não gostar tanto. Mas me interessei. Nossa e que capa!
    Adorei o Blog
    http://revelandosentimentos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nath!
      Obrigada!! Espero que tenha oportunidade de ler e que goste :)
      Beijos

      Excluir
  4. Oi, nunca li o autor, mas sua resenha foi inspiradora haha quem sabe em breve? seguindo o blog, beijão

    literalizza.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Ahh, que bom. Espero que goste da leitura!!
      Obrigada pelo apoio :)
      Beijos

      Excluir
  5. Estou louca para ler esse livro, ele é muito amor né?!! Eu solicitei no skoob e espero receber em breve. Adorei a sua resenha e só me deixou mais ansiosa ainda :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Monique!
      Que bom que gostou!! Boa leitura, viu?!!
      Beijos

      Excluir
  6. Dizem que esse é o melhor caminho para gostar de uma leitura, não criar muitas expectativas. Fico muito feliz que esse livro tenha te agradado tanto. Essa foi a segunda resenha que li dele e ambas me deixaram curiosa.
    Interessante perceber como ambos os personagens estão sozinhos, por motivos diferentes em pleno Natal e como cada um vê e sente essa data. E o mais legal é a forma como eles se comunicam, um resgate ao tempo sem redes sociais, lembrei do tempo que eu trocava cartas com amigas de outros estados (tipo as mensagens que troco com você e outras blogueiras hoje em dia). Acredito que todas desejamos nos conhecer pessoalmente, mas assim como os personagens fica aquele frio na barriga se agradaríamos pessoalmente.
    Enfim suas resenhas são sempre tão boas que sinto como se tivéssemos conversando sobre os livros lidos. Parabéns amiga pelo ótimo texto e pelas lindas fotos!!!

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, amiga!
      Concordo com você. Já vivi a experiência de alimentar muitas expectativas e acabar me decepcionando. No entanto, isso é inevitável e melhor ainda é quando alimentamos essas esperanças e todas elas são alcançadas ou superadas.
      Ahh, que legal. É muito bom trocar cartas!! E sim, que conhecer todos os blogueiros queridosss. <3
      Muito obrigada pelo carinho, amiga. É ótimo receber um elogio desses ^^
      Beijos

      Excluir
  7. Olá!

    Eu adorei a sua resenha e a premissa do livro parece ser tão interessante. Gosto de livros YA, então talvez eu seja um dos livros que vou adorar. Na verdade, já está na minha listinha rs.

    Não conhecia o seu blog, mas ele é lindo! Já estou seguindo. :D Convido você para conhecer o meu cantinho também: http://psamoleitura.blogspot.com.br

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá!
      Oba, espero que você se aventure ao lado de Dash e Lily através do caderninho vermelho ^^
      Ps. Obrigada, vou passar no seu também :D
      Beijos

      Excluir
  8. Oi, Bárbara!
    Estou lendo o livro e até agora amando os protagonistas, é o meu primeiro contato com os autores e comecei a leitura sem expectativas elevadas, mas já sabendo o quanto os dois autores agradam a maioria dos leituras. Está sendo uma leitura bem gostosa e espero amar o livro! :)

    Beijos,

    Rafa [ blog - Fascinada por Histórias]

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa!
      Que bom que você está gostando! Esse é um livro tão fofo, né? Gostei muito!!
      Beijos e bom finzinho de leitura!

      Excluir
  9. Oi Bá!
    Ai, que resenha mais amorzinho (claro que você pode usar maravilhosamente fofo! Hahahaha)! Só tenho a impressão de que obras que se passam durante o Natal sempre têm a mesma intenção, devido a data, de passar uma ideia de família, união, e não que isso seja ruim, só acho um pouco repetitivo.
    Eu nunca li nenhum livro do David Levithan, ainda, mas tenho 3. Parecem ser realmente ótimos, e acredito que vou amar. O David deve ser um ótimo autor mesmo!
    E amei essa capa e as cores <3
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Re!
      Concordo com você. Os livros narrados no Natal geralmente são assim mesmo e eu adoro isso :)
      Espero que leia logo algum livro do autor. E posta resenha no blog!! Quero ler mais livros do David!
      Beijos

      Excluir
  10. Olá, Báh!
    Desde o lançamento sou louca para ler esse livro *-* Ele parece ser tão fofo! Fiquei feliz em saber que gostou e que a estória nos surpreende. Preciso!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Nath!
      É muito fofo mesmo e a leitura bem fluida. Vale a pena ler!! ^^
      Beijos

      Excluir
  11. Olá Bahzinha,como você está? Minha época favorita é o Natal, amo o sentimento de renovação, esperança e alegria proporcionada por ele. Imagina na minha felicidade quando recebi esse livro? Ainda bem que você gostou, porque estou com ótimas impressões sobre ele.

    Já comecei a ler e também me identifiquei com o Dash rs :)
    Te desejo um ótimo mês, de muita alegria!
    Beijos,
    https://queremosmaislivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Débora! Estou bem e você?
      Somos duas então, amo o Natal <3
      Espero que você esteja tendo uma boa leitura e um ótimo mês para você também!!
      Beijos

      Excluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.