HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] Quando o amor bater à sua porta- Samanta Holtz

Quando o Amor Bater à Sua PortaTítulo: Quando o amor bater à sua porta 
Autora: Samanta Holtz
Editora: Arqueiro
Páginas: 304
Ano: 2016
Classificação: 5/5 
Livro Cedido em Parceria com a Editora 
Sinopse: Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu. Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso. Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade. O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja. Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer. A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.



Resenha: Um romance lindo, uma narrativa maravilhosamente bem escrita e a sensação de felicidade, preenchimento e satisfação. É dessa forma que defino o livro “Quando o amor bater à sua porta”.




Malu é uma escritora famosa de romances. Ela escreve histórias lindíssimas, surpreendentes e cria personagens apaixonantes. É dessa forma que ela conquista o coração de tantos leitores, inclusive da sua maior fã: Rebeca, sua assessora atrapalhada que vive causando confusões em sua agenda. Se pensarmos bem, podemos afirmar que uma autora de romances, tão prestigiada, saiba definir amor, certo? Esse é o esperado, mas diante dessa pergunta a autora simplesmente trava e percebe que não faz ideia da resposta para tal pergunta.

Fato é que Malu se esconde atrás da fama e de seus livros para esquecer um passado que insiste em permanecer em seu coração. Ela não acredita no felizes para sempre e é pensando nisso que ela percebe que está enganado suas fãs ao criar histórias de amor perfeitas. Cadê a realidade em tudo isso? A vida não é um conto de fadas e ela precisa mostrar isso aos seus leitores, portanto, ela decide mudar o final de seu atual livro e enviar para editora. Seria mais um grande sucesso em que ela iria marcar uma nova fase em sua carreira. Mas, tudo muda quando ela recebe uma advertência da editora pelo final triste e ruim que escolheu. Ou ela escreveria um final surpreendente e feliz (típico de Malu Rocha) ou seu livro não seria publicado.

Mas isso tudo acontece no período mais estranho de sua vida. Tudo isso porque em um dia simples, como outro qualquer, um completo estranho bate à sua porta dizendo que sofreu um acidente, perdera a memória e precisava descobrir sua identidade. A única coisa que ele sabe é que precisa encontrar uma mulher chamada Malu Rocha que seria sua última solução para fornecer sua identidade. Porém, ela não fazia a menor ideia de quem ele seja.

“Às vezes, o motivo das nossas aflições não é o que fizemos, mas o que deixamos de fazer.”

Sua primeira reação é de espanto e dúvida, afinal ela é uma pessoa famosa e isso muito bem poderia ser uma tática de sequestro ou algo do gênero. Mas, ela não sabe dizer se é algo nos olhos dele, ou em seu porte ou, até mesmo, pelo fato dele ter o mesmo nome do seu atual personagem literário.. enfim, ela sente que precisa ajudar o rapaz e é a partir desse momento que as coisas começam a mudar para ela.

“Quando ele chegar, não o estrague buscando suas interpretações. O amor é um barco à deriva que ninguém deve tentar controlar; apenas sentir o vento. Não resista. Não tente fugir. Apenas deixe-se levar. Deixe-se amar. Deixe-se.”

Luiz Otávio é um homem lindo, educado, inteligente e muito calmo. Ele não faz ideia de quem seja, seu dinheiro está acabando e ninguém de sua família o procurou, se é que ele tem uma família. Mas, ele tenta ao máximo se manter tranquilo para conseguir achar uma saída. Essa é apenas uma das características que chama a atenção de Malu e aos poucos a intimidade vai aumentando e sua presença passa a ser rotina em sua vida. O real e o imaginário se confundem e a autora já não sabe distinguir o Luiz Otávio personagem e o Luiz Otávio estranho em carne e osso.


E se o amor resolver bater literalmente à sua porta? Você irá se permitir ser feliz ou continuará na zona de conformismo de uma vida de solidão que se impôs? É claro que Malu não vai se envolver com facilidade, mas o destino vai agindo e ela acaba mergulhando numa viagem de redescoberta que a mudará para sempre. A escritora já sofreu muito e a vida foi tão injusta que ela tenta se reerguer todos os dias. Agora, ela precisará enfrentar seus fantasmas e reconhecer que não passa de uma menina frágil que decidiu mergulhar na escrita, no cigarro e se exilar ao máximo do contato social. Ela precisa deixar para trás a mulher irritadiça em que se tornou e voltar a acreditar no amor e a chegada desse Luiz Otávio mexe com ela de uma forma leve e despretensiosa, mostrando que sim, coisas incríveis podem acontecer conosco. 

“[...] ser humano algum, até hoje, foi capaz de entender ou desvendar o amor. Desde os mais remotos séculos, poetas tentaram, filósofos se esforçaram, escritores encheram folhas de papal... e ninguém conseguiu. Porque o amor não foi feito para ser entendido, estudado ou explicado; o amor foi feito para ser sentido.”

Iniciei a leitura com altas expectativas por já conhecer a maravilhosa escrita da autora Samanta Holtz e me surpreendi com o romance criado e com os pequenos detalhes destacados que fizeram toda a diferença. É possível notar, ao longo da leitura, o cuidado que a autora teve ao escrever fatos que vão se encaixando e fazendo todo sentido à medida que a história evolui. Mas, não foi apenas isso que chamou minha atenção. Percebi um amadurecimento na escrita da Holtz que continua sendo poética e apaixonante. São poucos os livros que conseguem fazer com que eu aprecie o desenrolar do enredo e a escrita concomitantemente. Me vi fisgada pela história criada, pelos dramas dos personagens e, ao mesmo tempo, me vi encantada pela escrita da autora. Como é bom ler um livro com tanta qualidade de escrita! Como é bom apreciar as linhas e todo o conjunto de palavras como se fosse uma obra de arte. Ainda estou extasiada pelas emoções que esse livro provocou em mim e na forma como os acontecimentos foram se desenrolando.

E como sempre acontece quando um livro é especial para mim, sinto que não há palavras para descrever um livro tão tocante como esse. Na verdade, há sim, mas as palavras não são minhas, mas sim da autora Samanta Holtz. Leiam o livro e desfrutem, vocês mesmos, do lindo romance de “Quando o amor bater à sua porta”!

6 comentários:

  1. Oi, Bárbara!

    Já vi várias resenhas sobre esse livro e inclusive amei essa capa, quero muito ler e espero muito ter a oportunidade pois amo romance e esse me chamou bastante atenção.


    Beijos :*

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Bah! Tudo bem? Vou confessar: achei essa capa muito breguinha rs Mas os seus comentários e a premissa do livro conseguiram me encantar e ficar com vontade de ler o livro. Quero muito conhecer a Malu e od outros personagens dessa obra! ^^ Adorei a resenha <3

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oláá!
    Conhecendo o blog aqui :)
    Adoreeei a sua resenha e agora estou louca para ler esse livro!! Fiquei mais instigada quando disse que ela tem uma escrita póetica (obaa!) hehe
    Colocar na minha listinha jáá!
    Beeijo

    http://lecaferouge.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Báh!
    Achei a capa deste livro linda *-* Ao ler a sinopse pela primeira vez aqui no blog fiquei super curiosa! A estória parece ser incrível e muito envolvente! Antes ficava com o pé atrás, mas agora... QUERO! Sua resenha está tão maravilhosa que me deu mais vontade de ler o livro haha Arrasou, amiga!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.com.br

    ResponderExcluir
  5. Bárbara, querida!

    Que delícia ler essa resenha escrita com amor em cada palavra! :) Amei ler sua opinião e saber que gostou tanto do livro, desde o desenrolar da trama até da forma que a história foi escrita... Fico muito feliz, de verdade!

    Beijo enormeeee
    Sam :*

    ResponderExcluir
  6. Amiga que máximo conferir suas impressões desse nacional que provavelmente conquistará todos que se permitirem ser tocados por uma história de amor.
    Recebi o livro em parceria com a editora, mas ainda não consegui ler pq estou meio atrasada com os livros da editora; mas já emprestei a minha mãe e ela amou. Na realidade tenho todos os livros da Samanta, minha mãe já leu todos e eu só consegui ler O Pássaro, mas em 2017 focarei nesses nacionais que quero muito ler e nunca consigo. Deseje-me sorte.
    Bom demais saber que a escrita da autora está ainda melhor que nos livros anteriores. Essa história parece ser daquelas que ficam inesquecíveis em nossa mente. Ansiosa para ler essa lindeza.
    Beijos

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.