HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Resenha] Nas Proximidades do Amor- Ligia Ortiz

Título: Nas Proximidades do Amor- Predestinados #1 
Autora: Ligia Ortiz
Editora: Talentos da Literatura Brasileira- Novo Século
Páginas: 384
Ano: 2015.
Classificação: 4,5/5
Livro Cedido em Parceria com a Autora 

Sinopse: Após ser traída pelo noivo, Nalu Alcântara Hanz, uma jovem e atraente publicitária, faz de tudo para preservar seus sentimentos. Passado o pior, vê em Caio uma ilha segura e mantém seu coração a salvo de ser quebrado novamente. Tudo parece perfeito. Mas quando sua vida esbarra com Alec, uma bagunça deliciosa acontece, balançando suas estruturas e questionando suas regras. Alec está determinado a ficar com Nalu, que só recua de suas aproximações. Contudo não se foge da verdade, ela sempre aparece. 
O que fazer quando suas crenças são postas à prova? 

Resenha: Nas Proximidades do Amor é o livro de estreia da autora Ligia Ortiz pelo selo Talentos da Literatura Brasileria. O livro narra a história de Ana Lúcia Alcântara Hanz (mais conhecida como Nalu), uma jovem publicitária que ainda sofre com as pesadas consequências do término de seu noivado.




“Em voos altos os tombos são proporcionais”. É dessa forma que Nalu definia seu estado emocional após descobrir a traição do noivo uma semana antes do casamento. Ela era apaixonada por Ian e acreditava que ele era seu tudo e isso tornou a decepção ainda maior.

Passaram-se nove meses, ela tinha recuperado a vontade de viver, de sorrir e se permitir a diversões, afinal ela não era de ferro, mas quando o coração está ferido, não podemos utilizar ninguém para cicatrizá-lo, por mais que este seja o caminho mais fácil e prazeroso. No entanto, foi exatamente isso que Nalu fez.

“― É que eu simplesmente não entendo a traição. Sério. Ninguém é obrigado a permanecer com o mesmo sentimento de outrora. É triste um término de relação, entretanto é legítimo, é honesto quando chega e informa o outro. A situação não faz a pessoa ruim, apenas reflete que o sentimento transmutou e que exige uma mudança. Agora traição, o fato de enganar alguém, de faltar com o respeito, me enoja de tal maneira que é difícil até de falar.” 

O período de superação não teria sido suportável não fosse por seus amigos, principalmente Thais e Caio, este último com quem matinha uma amizade colorida há um tempo. O rapaz sempre fora apaixonado por ela que, fragilizada e carente, aceitou de bom agrado suas investidas. Afinal, nada melhor do que um homem lindo ao seu lado para sentir sua alto-estima no alto novamente. O problema é: Caio era apenas um curativo, um “tapa-buraco” e ele sabia disso, pois a jovem publicitária deixava bem claro que eles não tinham anda além de uma amizade com benefícios. E esta situação estava perfeitamente controlada, até Nalu conhecer seu novo vizinho.

Alec é um cara lindo, mais que isso, ele era a perfeição em pessoa e o fato de ser espanhol só dava um “q” a mais para que Nalu pirasse com este sentimento que jurou não mais sentir por ninguém. Ele mexeu com ela da forma que não é impossível se deixar para lá e isso a assustava e amedrontava ao mesmo tempo. Ela sabia o que acontece quando se entrega de corpo e alma em uma relação e era justamente disso que ela vinha fugindo: Relação Amorosa.

No entanto, o homem é insistente e deixa claro o quanto ela mexeu com ele também. O fato dele ser seu novo colega de trabalho não estava ajudando em nada. Sim, além de vizinho ele era sua nova dupla na empresa de publicidade onde trabalhava e cada vez mais esse contato se tornava torturante.

A aproximação é inevitável e é bacana acompanhar o nascimento da amizade entre eles. Eles simplesmente ficam bem juntos e, em cada segundo, em cada página eu tinha vontade de bater na personagem para que ela acordasse e abrisse os olhos para ver o que estava deixando escapar. E, se vocês acham que este é o ponto de tensão no livro estão enganados. Além de lidar com a confusão de sentimentos que surgia em sua frente, Nalu teve de enfrentar um Caio muito do apaixonado. Quando foi que ela permitiu que sua vida chegasse a esse ponto de confusão?

“― Não quero largar minha estabilidade emocional por uma incerteza. O Caio é segurança. Sei que ele não vai me magoar. Já o Alec, tudo nele é inseguro pra mim, o que ele me faz sentir, como eu fico perto dele... Sinto que ele pode literalmente tirar o chão em que estou pisando, e só de pensar nisso acontecendo de novo comigo tenho vontade de me encolher.” 

Nalu é uma personagem forte, mas muito indecisa. O medo de optar pelo desconhecido é evidente e a angústia de sofrer por amor novamente é muito grande o que causa um certo bloqueio em se permitir mergulhar em uma nova paixão.

Quem escolher? Caio, um amigo que a ama e cuida muito bem dela ou Alec o homem lindo e charmoso que apareceu de repente em sua vida provocando sensações nunca antes sentidas?


Uma dos pontos que mais me agradaram no livro é a relação de Nalu com a família. Eles são extremamente ricos, mas isso não tirou a humildade deles e o amor sincero que um sentia pelo outro. Além disso, as cenas na fazenda dos pais foram as minhas preferidas. Tive vontade de sentir o cheiro típico de mato, andar a cavalo e apreciar o nascer do sol.

A amizade entre Nalu e Thais é outro ponto que precisa ser destacado. Apesar da Thais ser muito maluca e até me assustar algumas vezes (risos), ela mostra o que é ter uma amizade verdadeira. Ela está presente nas horas divertidas e nos momentos de desespero de Nalu. A aconselha quando precisa e apoia suas decisões e quem não deseja ter uma amizade assim, não é mesmo?

Entre tantos pontos que tenho para ressaltar, prefiro apenas dizer o quanto este livro me prendeu mais uma vez nesta releitura. Prefiro não falar muito para não estragar as surpresas que vocês terão ao longo da leitura, mas afirmo: Leiam! Tenho certeza que este livro irá conquistar corações muitos corações.

A autora Ligia tem uma escrita perfeita, na medida certa. Ela descreve bem as cenas, mas sem deixá-las cansativas; cria personagens que nos cativam e dá espaço para cada um deles nos encantar; traz cenas de tirar o fôlego, mas sem ser vulgar, e o clímax criado foi tão bem estruturado que ela me deixou com o coração na mão temendo pelo destino dos personagens que aprendi a gostar. Ela vai além do clichê dos New Adult e nos traz personagens que lutam pela felicidade, apesar das amarras que o passado guarda. E tem o poder te prender nossa atenção de uma forma incrível. Mesmo nessa releitura me senti totalmente ligada às reviravoltas que se passava em minha frente e consegui, mas uma vez suspirar, torcer e me deixar levar pelas páginas do livro.

Nas Proximidades do Amor é um romance intenso e arrebatador que chegou para causar muitos suspiros nos leitores. E continuo dizendo o que afirmei há um ano atrás, quando li esse livro pela primeira vez: “Durante toda a leitura me senti em uma montanha-russa. O início é lento e eu não podia imaginar o que me aguardava, mas conforme avencei pelas páginas senti-me perdida com emoções a flor da pele e o coração totalmente na mão.”

Por fim só tenho a dizer que se você procura um livro com uma narrativa intensa, com personagens intensos e uma química perfeita entre eles leia “Nas Proximidades do Amor”. Parabéns Ligia, mais uma vez, pelo ótimo trabalho!!

Ps. Há descrição de cenas íntimas do casal e, por isso, não recomendo a leitura para menores de idade. 


“(...) Nem tudo são flores. Algumas coisas são sementes. Em um primeiro olhar, pode parecer apenas algo diminuto e sem valor. Porém, para alguém que vê além, sabe que uma pequena semente carrega um potencial enorme e, quando cuidado com dedicação, perseverança e amor, não há intempérie que a impeça de florescer.”


12 comentários:

  1. Amiga que legal poder ler sua opinião sobre esse livro que eu também amei =)
    Confesso que achei que alguns detalhes na primeira parte do seu texto (na apresentação dos personagens) podem tirar a surpresa de quem ainda não leu, mas nada de grave =/
    No mais suas impressões apaixonadas só me fizeram sentir saudades dos personagens. Aguardo ansiosa pelos próximos livros, amei a escrita e a forma da autora desenvolver a história. Enfim valeu por me apresentar a mesma. Beijos

    p.s. Cada dia mais apaixonada pelos detalhes de suas fotos!!!

    Leituras, vida e paixões!!!!

    ResponderExcluir
  2. Amiga, respondendo a sua pergunta (eu sei que, tecnicamente, você não quer uma resposta, mas mesmo assim): Quem escolher? Acho que já está bem óbvio que é "Alec o homem lindo e charmoso que apareceu de repente em sua vida provocando sensações nunca antes sentidas?", hahahaha. Mas, se não for, você tem todo o direito de me bater, hahaha. Uma coisa que eu entendo totalmente, mas tenho certa dificuldade em aceitar, é a insistência dos personagens em negarem que amam alguém.
    Sua resenha está muito legal e adorei o que você falou sobre a escrita da Ligia, já estou doida para conhecer o trabalho dela! Fico muito feliz que tenha tido a oportunidade de conhecê-la na Bienal :)
    Beijos,

    http://lucyintheskywithbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, Bárbara.
    Apesar de você afirmar que a autora vai além do clichê, acho que não leria a obra. Não gosto muito de triângulos amorosos e a premissa do livro é bem clichê. Talvez a autora até tenha quebrado isso no decorrer das páginas, mas ainda assim me desanima.
    O único ponto que me chama a atenção é a intensidade da obra. Gosto de livros assim.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de outubro. Serão seis livros para três vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Oie,
    já tinha visto a capa por ai, mas acho que não tinha visto resenha ainda.
    Não curto triângulos amorosos, mas o livro parece ser legal.

    bjs
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  5. Oii Bah Linda *-*
    Esse livro é MARAVILHOSO! Lembro-me da sua primeira resenha e período de divulgação do e-book e logo fiquei curiosa. Depois de ler... Nossa valeu muito a pena! Amei demais! Estou ansiosa para a continuação! Amei a resenha!
    Beijos, Garota Vermelha
    www.livrosdagarotavermelha.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, tudo joia?
    Não conhecia a obra, mas confesso que fiquei curiosa mesmo não sendo fã do gênero haha;

    Beijos ♥
    http://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Os menores andam lendo tanto esses livros com teor erótico, nossa. Mas enfim, eu confesso que eu não curto muito o gênero e por mais que você tenha gostado da obra, confesso que não cheguei a me interessar de fato. Mas parece ser
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. *Mas parece ser um bom livro pra quem curte o gênero.

      Excluir
  8. Oi,
    Não conhecia o livro mas achei interessante, porém fiquei meio assim por ter o tema vai-não-vai, parece que a protagonista vai demorar a se decidir na vida e isso realmente tem me cansado ultimamente. Mas quem sabe no futuro.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. O que é essa capa, Bah? Muito amor, viu!
    Já li coisas ótimas sobre o livro e não dispensaria a leitura, caso tivesse oportunidade, mesmo não entrando na minha lista de desejado.

    Saudade,sumida!
    Bjux.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Heey!
    Eu não costumo gostar de livros assim, mas acho que posso vir a conhecer Nalu num futuro não muito distante haha
    Adorei a resenha ^^
    Abraços!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/2015/10/resenha-um-dia.html

    ResponderExcluir
  11. Oi, Bahzinhaaaa

    Esse livro é: ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥ ♥

    E ainda tem pouco coração aí, viu! hahahahaha

    Quando a Li me enviou a proposta de parceria, eu me interessei muito pela obra, mas não poderia imaginar que o livro seria uma das minhas melhores leituras do ano!
    Eu me apaixonei pelo Alec desde o começo e Nalu é tão forte e decidida!
    A relação dela com a família é realmente maravilhosa!!

    Estou super ansiosa para ler o próximo livro!!!!!

    Beijo, Bah! Saudadessssssssssssss
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.