HOME SOBRE CONTATO ANUNCIE


[Tag] 7 Coisas



Oi galera!! 

Tem um tempinho que não respondo tags aqui no blog, então resolvi trazer hoje esta bem bacana que eu vi no blog Coleções Literárias.
Vamos lá!!

Sete coisas para fazer antes de morrer
 1- Terminar a faculdade
2- Formar uma família
3- Viajar pelo mundo
4- Me dedicar a um serviço comunitário
5- Aprender italiano
6- Andar a cavalo
7- Fazer um boneco de neve

Sete coisas que eu mais falo
1- Mãe/Pai
2- Amor
3- Livro
4- Faculdade
5- Blog
6- Ok
7- Incrível 

Sete coisas que eu faço bem
1- Empadão de frango
2- Pavê
3- Tocar piano (eu tento rs)
4- Me organizar
5- Cartão de datas comemorativas
6- Estudar (define minha vida ultimamente rs)
7- Sorrir, mesmo que eu esteja um caco por dentro 


Sete coisas que eu não faço bem
 1- Andar de biscicleta
2- Mentir
3- Me arrumar rápido
4- Dançar
5- Qualquer esporte
6- Usar lápis de olho
7- Falar palavrão (simplesmente não consigo)

Sete coisas que eu não gosto
 1- Falsidade
2- Egoísmo
3- Me atrasar
4- Macarrão
5- Café
6- Ser desastrada
7- Ficar vermelha (sem graça)

Sete coisas que eu amo 
1- Deus
2- Minha família
3- Ler
4- Música clássica
5- Tocar piano
6- Frio
7- Torta de limão


Não vou indicar ninguém, mas quem quiser responder essa tag fique a vontade! ;)

Gostaram das minhas respostas?

Deixem um recadinho! :)


Postado por: 

[Resenha] Um Novo Amanhecer- Cinthia Freire

Um Novo AmanhecerTítulo: Um Novo Amanhecer 
Autora: Cinthia Freire
Editora: Talentos da Literatura Brasileira- Novo Século
Páginas: 373
Ano: 2014.
Classificação: 5/5 

Sinopse: Um Novo Amanhecer - Giulia está arrasada! seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer.
Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada.
Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda.
Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.
UMA GAROTA APAIXONADA
UM RAPAZ DOENTE
UM ANJO PERDIDO
Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?

Resenha: Como explicar quando um conjunto de palavras tem o poder de te fazer chorar litros? Um Novo Amanhecer é um livro sobre amor, mas não esse amor do “eu te amo” de todos os dias que já virou rotina, mas sim do amor verdadeiro em sua forma mais pura. Não sei como resenhar este livro que tanto mexeu comigo, mas vou começar por esse quote:
"Tudo era perfeito, como todo primeiro amor. Eu não comia direito, não dormia direito, vivia com borboletas no estômago, como se vivesse em uma montanha-russa. Mas, mesmo assim, era a garota mais feliz do mundo. Pelo menos fui, por exatamente dois anos."


Giulia se apaixonou por Leo desde a primeira vez em que o viu, mas não criou expectativas, afinal, ele era o Leo: o garoto popular, bonito e inteligente da escola. No entanto, para sua surpresa, o rapaz cria um forte laço com ela e eles se tornam inseparáveis. O início da história desses jovens é escrito lindamente e o amor entre eles é tão grande que já nos faz suspirar mesmo no início, o que torna as coisas bem piores quando a bomba cai.


Aos oito anos de idade, Leo foi diagnostico com leucemia, conseguindo se curar após anos de tratamento. No entanto, prestes a completar um ano de namoro, a doença volta com força total. A partir daí a leitura fica com uma pesada carga emocional quando começamos a acompanhar a árdua caminhada desse casal que só têm o desejo de ser felizes. A dor que Giulia sente é tão intensa que tive a sensação de estar compartilhando seu desespero e foi inevitável conter as lágrimas.

Achei incrível a habilidade da autora em nos levar em uma viagem entre presente e passado durante a narrativa e acredito que este feito foi um ponto marcante no livro, pois durante as cenas comoventes em que Giulia cuidava de Leo ela recorda as lindas lembranças que eles tiveram no passado o que só faz aumentar nossa dor. Não é justo separar duas pessoas que se amam tanto, pois o que eles sentem é raro de presenciar nos dias de hoje.

"Muitos casais que viveram vidas inteiras juntos não suportaram nem  metade do que vocês estão passando."

E é em meio a tanto sofrimento, dos personagens e nosso também, que surge Zyon, um anjo arrogante que não gostava dos humanos e muitos menos dos seus sentimentos tão confusos, isso até receber uma missão a cumprir na Terra.

“De todos os sentimentos humanos que poderiam me atrair, foi aquele que eu menos entendia (aquele que mais maltratava os seres humanos, aquele que os deixava mais instáveis) que escolheu para habitar em meu ser. A dor!”

A princípio, ele não sabe nada sobre essa missão, até o dia em que vê uma garota correndo pela rua, desesperada, em direção a uma praça. A dor dela o atinge em cheio se tornando forte demais até mesmo para ele e daí em diante ele não consegue se afastar mais.

Na sua presença, Gi se sente mais calma e confiante o que dá mais um estímulo para o anjo continuar seguindo seus passos, sem nunca demonstrar sua existência para ela (a não ser pelo dente de leão que sempre deixava em algum lugar como um presente). No entanto, depois de dois anos acompanhando o sofrimento dela, sua conexão se fortalece e ele começa a sentir coisas estranhas ao olhar para ela: o anjo estava se apaixonando pela jovem.

“É assim que me sinto, iluminado pelo sol que aquece o meu peito. Toda vez em que a vejo, um novo amanhecer surge.”

Posso dizer que me apeguei demais aos personagens conforme eles cresciam. A força e maturidade da Giulia são exemplares e me mostrou tudo o que é possível suportar em nome do amor. A perseverança do Leo e sua luta contra a doença foram inspiradoras, principalmente suas tentativas em esconder seu sofrimento da namorada. Já Zyon sente na pele os diversos sentimentos humanos que tanto zombava e sua mudança é notável.

O que mais dizer de um livro perfeito? A capa é delicada igual à obra contendo pontos marcantes da história, como o skate do Leo e o dente de leão que Zyon sempre deixava para Gi. A diagramação é muito boa, assim como o espaçamento. Já narrativa é em primeira pessoa intercalada, principalmente, entre Giulia e Zyon. 

Estou apaixonada pelo romance criado pela Cinthia e pelos personagens tão marcantes. Chorei, ri, me emocionei, mas o principal, me surpreendi pelos ensinamentos contidos nas páginas e pelo final incrível.


Fico muito feliz pela oportunidade de ter lido este tocante livro e me deixar ser guiada pelos seus lindos ensinamentos. Agora, ao término da leitura, me sinto renovada emocionalmente e estou com a sensação de que verei as dificuldades com outros olhos. O amor move o mundo e acredito que sempre haverá um anjo em nossa vida disposto a nos ajudar, seja ele um familiar nosso, um amigo ou, até mesmo, o amor da nossa vida.

Espero que você que está lendo essa resenha possa ler Um Novo Amanhecer e aprender o significado do verdadeiro amor. Se deixe encantar e se permita viver intensamente cada dia e nunca deixe de demonstrar seu sentimento pelas pessoas que você ama, pois não sabemos até quando teremos essa oportunidade.

"O que é importante vem da simplicidade do coração. Não precisa exibir, a gente sente."

Ps. Ganhei esse livro no top comentarista do mês do blog Profissão Escritor da Gislaine Oliveira e gostaria de agradecer a ela e a Cinthia, mais uma vez, por ter me enviado o livro e por ter me proporcionado horas de ótima leitura!!


Book Trailer








Um beijo,




Postado por: 

Conhecendo Autores Nacionais- Parte 1



Neste último mês tive o prazer de conhecer algumas autoras nacionais que chamaram muito minha atenção pelos ótimos comentários sobre seus livros. Fiquei animadíssima em conhecer tantas obras e, apesar de ainda não ter lido nenhuma dessas que iriei mencionar, não pude controlar a vontade de compartilhar com vocês. Então, vamos lá! :)

Amanda Ághata Costa


Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo.


Ana Lucia de Lemos

Quando a brasileira Lucy Somel passou a morar em Nova York ela tinha apenas uma meta: concluir a faculdade de Direito e trabalhar ao lado de sua grande amiga, Anna. O amor parece não caber em seu projeto de vida, considerando os poucos, breves e decepcionantes relacionamentos.
No entanto, esta linda e inteligente mulher será surpreendida por uma forcinha do destino ao conhecer seu orientador para o trabalho de conclusão do curso. Marco Salvatore é uma lenda dos Tribunais, talento que lhe garantiu a fama de ser um dos melhores advogados da cidade, porém, relacionamentos amorosos também não estão em seus planos.
O desejo entre os dois é imediato, mas será o suficiente para fazer Marco mudar de ideia e iniciar um relacionamento duradouro? Ou fazer Lucy acreditar que pode viver um grande amor? 

Bárbara Negrão


Quando a estudante Eva Lins conhece o misterioso e sedutor Willian não imagina quais segredos ele podia esconder por trás de tanta beleza. Que ele é perigoso, ela pôde ver em seus olhos desde a primeira vez que se encontram, porém, a vontade de estar junto a ele é maior do que qualquer pressentimento que a jovem possa ter. Chocada pelas revelações, e ao mesmo tempo atraída e fascinada por todo o mundo novo que envolve Willian, Eva não se deixa intimidar e se entrega à história que promete ser a mais emocionante de toda sua vida, sem imaginar que mais mistérios estão para serem revelados. 

Camila Pelegrini


Em um futuro pós destruição em massa, provocada pelas guerras humanas e desastres naturais - para os quais os humanos também contribuíram grandemente - o mundo é dividido em 5 grandes regiões. Em cada uma delas vivem ordinários e singulares, pessoas com ambições completamente diferentes. Estes dominam o mundo. Aqueles tentam tão somente sobreviver.
E ao viverem dessa forma, a bondade beira à extinção. O caos reina em seu lugar, despertando forças malignas que há muito esperam para serem alimentadas.
A maior guerra de todos os tempos finalmente começa e a humanidade já se encontra em desvantagem.
E em meio a tanto ódio e destruição, será o amor capaz de afastar as Sombras do Medo?

Cinthia Freire


Giulia está arrasada! seu namoro chegou ao fim e ela não sabe o que fazer.
Leo está confuso e com medo, seu tempo está acabando e ele não quer magoar sua namorada.
Zyon é um anjo perdido e apesar de saber que está em uma missão na Terra, ele não tem idéia exatamente do que o aguarda.
Em uma tarde chuvosa o caminho dos três se cruzam de forma trágica e comovente.
UMA GAROTA APAIXONADA
UM RAPAZ DOENTE
UM ANJO PERDIDO
Eles serão capazes de lidar com a força do verdadeiro amor?

Graciela Mayrink


Quando voltou das férias de verão, Cadu não imaginava a confusão em que a sua vida se transformaria. Era para ser um ano normal, mas ele entrou em uma enrascada e está correndo o risco de perder a amizade do cara mais legal do mundo. O que fazer quando a namorada do seu amigo vira uma obsessão para você?





Keila Gon


O inesperado, o impossível, o destino...
Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração.
Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor. Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante. A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta;desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em um mundo inóspito que testará seu coração.
Cores, de outono é o primeiro volume de uma saga mágica que vai instigar emoções e paixões.

Viviane Ribeiro


Gabriel é filho de um importante magnata da indústria de órgãos artificiais, e Alicia é apenas uma estudante inteligente o bastante para ter uma bolsa de estudo na mesma faculdade privada que Gabriel frequenta. O fato é que eles nunca teriam se conhecido se Gabriel não tivesse parado para ajudar Alicia com seus livros e muito menos se aproximado tanto se não a tivesse visto cantar em um bar numa noite.
Então acontece um acidente de carro.
E estranhamente as pessoas próximas a eles estão tentando mantê-los afastados, e enquanto isso, eles vivem a vida naturalmente, acreditando que o acidente não trouxe nenhuma consequência para suas vidas.
Mas a verdade é que estão completamente errados. 

Simone Taietti

Ethel diz estar morrendo. Contudo, não afirma isso apenas em razão de sua doença. Talvez a única certeza de nossa existência seja a morte, o fato de que ela chega para todos. Mas nem por isso deixa de ser a maior incógnita da vida.
Em um hospital, em meio à dor das histórias dos pacientes, Ethel encontrou amigos. Entre passeios em cemitérios, frequentando velórios e enterros de estranhos, ela tenta preparar a si e aqueles que ama, para o que parece estar ali tão próximo, o fim. Entretanto, não esperava enfrentar algumas surpresas que a fizessem duvidar de tal preparação.
As estatísticas ruins, a inexorável passagem do tempo. Onde reside a lógica disso que nos arranca pedaços, da súbita inexistência do que outrora era vívido e pulsante? Um corpo que jaz. Palavras que se perdem. A finitude de tudo o que é tão belo talvez seja a maior dor do mundo.
Uma vida para sempre é um compilado de desejos, pensamentos e dias.
Quanto dura o para sempre?
Ethel descobriu.


Então pessoal, espero que vocês tenham gostado de conhecer mais obras nacionais! Decide dividir este post em partes porque são muitos autores!!

Ps. Preparei este post no início da semana, mas recebi na segunda o livro Um Novo Amanhecer e terminei a leitura ontem. Só tenho uma coisa a dizer: Cinthia, você acabou com meu coração. Chorei litros..... Em breve tem resenha no blog! ;)

Deixe um recadinho dizendo se você leu algum desses livros! :)


Um beijo,




Postado por: 

[Parceria] Autora Amanda Ághata Costa


Oi galera!! 

Tive o prazer de receber um convite de parceria da autora Amanda nesta última semana e fiquei bastante contente. Já a acompanhava pelo facebook e agora vou ter a oportunidade de conhecer sua obra que já recebe vários elogios!! A capa é linda e a sinopse me deixou curiosíssima!! :D
Vamos conhecê-la um pouquinho :)

Sobre a autora: 
Amanda Ághata Costa nasceu em 21 de Outubro de 1993, numa pacata cidade do interior de Santa Catarina. Estudante de Pedagogia e amante das palavras desde a infância, jamais imaginou que um dia sua voz seria ouvida. Com papel e caneta em mãos, espera poder tocar as pessoas com suas histórias, fazendo-as vibrar e amar cada fragmento das mesmas. De todas as coisas do universo, se aventurar nos mares da fantasia é sua maior paixão. A trilogia A Escolhida é seu romance de estreia.







Sobre a obra:
A Escolhida

Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota dispersa na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais desde a infância. Devido à sua aparente doçura e beleza, ninguém seria capaz de supor que, além de um anjo, ela também é um demônio com sede de poder. Os espertos deveriam manter-se distantes, mas há olhares que não deixam de admirá-la. 

Egran não desperdiçaria a chance de apoderar-se de habilidades tão interessantes: ela é a escolha perfeita. Entretanto, nem todos se sentem realizados. O círculo seria um refúgio ideal para os demais feiticeiros, se o próprio líder não os tratasse como marionetes descartáveis. Movidos pelo medo e controlados pelo mestre, os componentes do grupo obedecem, sem pestanejar, às ordens recebidas. Ao se ver arrastada para lá, Ari se encontra diante de situações improváveis, arriscando-se a expor mais do que gostaria. 

Para ela, sentir é algo que sempre esteve fora de seus limites. Não poderia vivenciar qualquer forma de emoção, esta era a promessa. Até que Luke surge em seu caminho e abala as estruturas congeladas, derretendo-as e modelando novos conceitos. O amor realmente fará brotar a alegria? Ou irá arrastá-la diretamente para a morte? O passado obscuro de Ari será o suficiente para fazê-la estilhaçar de uma vez por todas, não restando oportunidades para uma nova tentativa de se isolar do mundo. 

SKOOB  

FACEBOOK 

SITE


E então, vocês ficaram curiosos tanto quanto eu? Já conheciam a autora? Já leram seu livro? 
Deixe um recadinho para mim :D

Ps. Assim que eu terminar a leitura, trago a resenha para vocês!!

Um beijo,





Postado por: 

[Resenha] Orgulho e Preconceito- Jane Austen

Orgulho e PreconceitoTítulo: Orgulho e Preconceito 
Autora: Jane Austen
Editora: Ediouro
Páginas: 147
Classificação: 5/5 

Sinopse: Um retrato fiel, divertido e inteligente da sociedade inglesa do início do séc. XIX. Os costumes, o amor, a condição da mulher, os preconceitos e o casamento são abordados de maneira simples e engenhosa neste livro, considerado uma das primeiras comédias românticas da história e uma obra-prima da literatura universal.

Resenha: É possível escolher um livro favorito para toda vida? Para mim isso é possível e o livro em questão é Orgulho e Preconceito. Jane Austen é minha autora favorita e muitos leitores do blog já me pediram resenha desse livro incrível! Pois agora, depois de tanta demora, a resenha está aqui.

Sra. Bennet é uma mulher que sofre dos "nervos" e a tarefa de encontrar um marido para cada uma das cinco filhas não é algo fácil mas, ela não mede esforços o que as coloca em situações bastante constrangedoras. A narrativa se passa em uma Inglaterra do século XIX onde bailes, cortejos e uma boa etiqueta eram costumes. As diferenças entre classes sociais pesava muito, principalmente no momento de se encontrar o pretendente certo. No entanto, apesar das dificuldades financeiras, Sra. Bennet, sempre muito escandalosa, faz seu trabalho da melhor maneira possível: jogando suas filhas na frente de jovens solteiros.


“É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro, possuidor de uma grande fortuna, deve estar em busca de uma esposa.”

As filhas mais belas e inteligentes são: Jane e Elizabeth, também chamada de Lizzy. Jane é doce e tímida, já Lizzy é extrovertida, gosta de ler, dançar, conversar e não tem "papas na língua". Lydia e Kitty são as filhas escandalosas que vive dando risinhos e gritinhos, principalmente na frente de homens. E, por fim, Mary é a mais tímida e quieta de todas, preferindo a companhia dos livros e do seu piano a ter que dançar. E Sr. Bennet é o chefe de família mais calmo que já vi. Apesar de viver com seis mulheres, ele consegue manter a serenidade e não esconde sua preferência por Lizzy.



A rotina dessa família muda completamente com a chegada de dois jovens a Netherfield: Sr. Bingley, carismático, educado e alegre e Sr. Darcy, sério, carrancudo e orgulhoso. Ambos são melhores amigos há tempos e o melhor: são ricos e solteiros. Vocês já podem imaginar a reação enlouquecedora da Sra. Bennet ao saber da notícia, já podendo sonhar com o casamento deles com alguma das suas filhas....rs
"A principal ocupação de sua vida era casar as filhas, e seu passatempo eram as visitas e os mexericos."

As apresentações formais são feitas durante o baile de boas vidas onde toda cidade está presente. Bingley logo mostra um forte interesse por Jane, dançando com ela em todos os momentos possíveis e olhando para ela nos momentos restantes. Já Darcy cria uma inimizade por Lizzy ao dizer que ela não é bonita o suficiente para ele (o preconceito fala mais alto nesta hora). E a partir daí Lizzy o despreza de todas as formas possíveis, no entanto, com o tempo, um sentimento inesperado começa a surgir entre eles. Será que eles conseguirão deixar o orgulho e o preconceito que sentem para viver uma linda história de amor?
“Eu perdoaria sua vaidade se ela tão facilmente não tivesse ferido a minha.”



Lizzy não admite se casar por interesse e vê em Darcy o pior candidato possível. Já Darcy, muito rico, só aceita a possibilidade de casar com alguém que seja do seu mesmo nível social. No entanto, o amor entre eles é incontrolável  e lindo. É tão bom acompanhar o desenvolvimento lento e natural desse sentimento que, de tão imprevisível, surpreende quando todos descobrem. 

Várias reviravoltas também acontecem com a chegada do primo Collins, que ameaça a segurança da família Bennet, assim como a chegada dos militares e com eles o Sr. Wickham que também disputa o coração de Lizzy. 
"- Sim, a vaidade é, sem dúvidas, uma fraqueza. Mas o orgulho... Onde houver uma autêntica superioridade mental, o orgulho sempre terá os seus direitos."

A escrita da Jane é incrível e sarcástica. Além de criticar a sociedade da época em que vivia, ela cria personagens que, mais tarde, ficariam eternizados. Como não odiar o Darcy nesses momentos de frieza, para depois não se apaixonar por ele quando sua capa de orgulho cai? O romance é lindo demais, mostrando que um amor puro e verdadeiro é possível existir. Além disso, durante a leitura, damos boas risadas com as respostas afiadas de Lizzy, ficamos indignadas com a falta de modos de Lydia e Kitty e torcemos para que os jovens apaixonados tenham um final feliz. 

Eu adoro esse livro e já o li milhares de vezes. Também já li o livro em inglês e assisti o filme inúmeras vezes. Ainda não consegui ler todas as obras da autora, mas sou fã da sua escrita. A leitura é muito agradável e desperta a vontade de viver neste século para aproveitar os bailes e cortejos! Recomento a leitura desse livro de olhos fechados e espero que todos vocês possam se render à narrativa da Austen e aos encantos de Darcy *----*
"Em vão tenho lutado comigo mesmo; nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos e preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e amo ardentemente."

Trailer do Filme


Curiosidade...

Orgulho e Preconceito ganhou, ano passado, uma ótima adaptação baseada na Webserie The Lizzie Bennet Diaries! Você pode ler a resenha clicando aqui.










[Resenha] A Lista de Brett- Lori Nelson Spielman

A Lista de BrettTítulo: A Lista de Brett
Autora: Lori Nelson Spielman
Editora: Verus
Páginas: 364
Classificação: 5/5 

Sinopse: A Lista de Brett - Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente.
Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis.
Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.

Resenha: O que falar de um livro perfeito? Eu gostei tanto desse livro que nem sei como começar a resenha. Além da capa linda a narrativa criada pela Lori é delicada e tocou meu coração. A leitura nos instiga a pensar  em nossos sonhos e escolher o caminho certo a viver. 





Brett Bohlinge é uma mulher que, aos 34 anos de idade se sente realizada, ou pelo menos acha estar. Ela trabalha como publicitária na empresa da família, tem conforto financeiramente e divide um loft com seu lindo namorado. Sob esses aspectos, sua vida parece perfeita, mas daí vem o famoso viver no comodismo. Quando tudo vai bem tendemos a estagnar e não arriscar o que já é certo, mesmo que para isso tenhamos que deixar nossos sonhos de lado. No entanto, a vida certinha de Brett muda completamente após a morte de sua mãe.

Elizabeth, sua mãe, era uma pessoa incrível: simpática, amável e persistente. A relação entre mãe e filha era de um amor verdadeiro que as tornava amigas e confidentes e, agora, Brett se sente sem rumo. No entanto, antes de partir, sua mãe deixou uma tarefa para filha: ela deveria completar uma lista de desejos que fez durante seus 14 anos de idade em um prazo de um ano, caso contrário não receberia sua parte na herança.

“Você quer realizar aqueles desejos, eu sei que quer, mas tem medo de assumir os riscos.”

A indignação da Brett ao receber essa notícia é totalmente válida. Seus desejos de adolescência estavam muito longe do que a Brett adulta planejava para si. Além disso, a "humilhação" de ver seus irmãos e cunhadas recebendo algo e ela, a filha amiga, receber apenas um lista a deixou muito frustada. E a partir daí uma mistura de saudade, dor e tristeza tomou conta de si. Era inevitável não ficar chateada com sua mãe, mas o amor falava mais alto e, quando finalmente ela começou a levar a lista a sério, sua vida muda completamente.

Os sentimentos que tive durante a leitura foram os mais variados, mas posso dizer que foram os melhores. A cada capítulo eu aprendia um ensinamento como se fosse eu mesma a cumprir as metas da lista e ao final da leitura desejei ser uma pessoa melhor. Mais que isso, eu desejei viver. Devemos nos arriscar e buscar o que nos faz bem, a felicidade não é algo atingível (quando eu for promovida serei feliz), pelo contrário, ela é formada. A leitura nos mostra que os obstáculos da vida existem, mas devemos aceitar os desafios. Teremos erros e acertos, mas se não arriscarmos estaremos fadados a uma vida sem realizações e comodismo. O que é pior que o comodismo na vida de alguém?

"Continue se obrigando a fazer coisas que lhe dão medo, querida. Assuma os riscos e veja onde aterrisa, pois são eles que fazem a jornada valer a pena."



Este foi o livro de estreia da autora e só tenho que parabenizá-la pela maravilhosa obra criada. A escrita da Lori flui muito bem e nos prende a cada página. A narrativa em primeira pessoa foi o ideal, pois nós conseguimos nos transportar completamente para cada cenário e sentir o mesmo que Brett. Toda a história se encaixou perfeitamente e a conexão dos personagens foi muito bem construída. Não tenho mais o que dizer a não ser: Leiam este livro e se encantem, assim como eu!

“Sou uma pessoa de muita sorte. Mas há um limite para o que as fadas madrinhas podem fazer. Eu acho que cada um tem o poder de realizar os próprios desejos. Só precisamos encontrar coragem para isso.”



Um beijo,

© Versos e Notas - Todos os direitos reservados
Desenvolvimento por: Colorindo Design - Tecnologia do Blogger.